Como instalar o Kivy no Linux (2020)

Antes de explicar como instalar o Kivy no Linux, vou começar este artigo com duas afirmações:

A última versão do Python que é possível utilizar para que o Kivy funcione é a versão Python 3.7.9.

Nunca instalem nada, nem o Kivy, na instalação principal do Python no sistema.

Seguindo estas duas regras, ao desenvolverem com PythonKivy, vão evitar imensos problemas, tanto no funcionamento dos vossos projetos, como na facilidade enquanto estão a desenvolver.
Para seguirem facilmente estas duas regras recomendo a leitura destes dois artigos anteriores.

Como instalar várias versões Python no Linux (2020)

Como usar e criar ambientes virtuais com Virtualenv no Linux (2020)

Considerações Iniciais

Escrevo este post tendo em conta que já sabem como criar e utilizar ambientes virtuais.

 

Pequena explicação sobre o Kivy e o Python

Explicando de uma maneira bem simplificada, o Kivy são várias bibliotecas que vão ser instaladas sempre junto de uma instalação do Python, e como explicado no site do Kivy, podemos ter multiplas versões do Python, mas sempre vamos necessitar uma instalação do Kivy junto de cada uma que precisemos usar.
Por isso eu sempre afirmo que precisamos utilizar ambientes virtuais, de preferência um ambiente virtual para cada projeto Kivy, permitindo assim que tenhamos a liberdade de usar várias versões do Python e separar as bibliotecas necessárias para cada projeto.
Podemos também experimentar como o nosso software vai se comportar em diferentes ambientes de desenvolvimento.
Também vamos ter uma facilidade muito maior ao procurarmos por algum erro.
E muito importante, ao criarmos um arquivo executável ou um APK, tudo vai ser compilado apenas com as bibliotecas necessárias.

Site do Kivy

Não vou falar nada sobre o site ou a documentação no site.
O Kivy tem uma equipe excelente que criou uma ferramenta excepcional, de código aberto e que já me proporcionou ganhar algum dinheiro.
Entramos na página com as instruções de instalação no Linux e vamos concentrar-nos na parte que realmente nos interessa.
A maior parte do que está na página na verdade não é necessário para a maioria de nós.

https://kivy.org/doc/stable/installation/installation-linux.html

Instalar o Kivy no Linux

Vamos aproveitar algumas instruções que estão no site, mas fazendo algumas alterações.

Eu tive a sorte há uns poucos anos começar a aprender Kivy, com o que considero ser, um dos melhores professores de Python e Kivy na Udemy.
O professor Cláudio Rogério Carvalho Filho e com o seu curso, um dos maiores e melhores sobre Python e Kivy, Python para Android, iOS, Win, Linux e Mac – Desde o Básico. Que me permitiu aprender como instalar o Kivy, corretamente e sem problemas.

Instalar o Kivy no Linux

Vamos abrir um terminal e vamos criar um novo ambiente virtual, com uma versão “limpa” do Python, lembrem que a ultima versão que podemos utilizar para que o Kivy funcione é a versão Python 3.7.9.

AN sistemas instalar o Kivy

Em seguida, podemos entrar na pasta e ativamos o ambiente virtual.

cd kivy01
source bin/activate

ATENÇÂO. É necessário para instalar  o kivy, além de ser uma boa prática, atualizar o ‘pip’ e o ‘setuptools’ antes defazer algo mais.

Para evitar problemas e sempre instalar baixando do repositório, vamos usar o atributo, ‘–-no-cache-dir‘.

pip install --no-cache-dir --upgrade pip
pip install --no-cache-dir --upgrade setuptools
AN Sistemas Desenvolvimento de Sistemas Desktop

Para instalar o Kivy simplesmente digitamos

pip install --no-cache-dir kivy

Se a aplicação que vamos criar, vai utilizar vídeo ou áudio, necessitamos instalar também o ‘ffpyplayer’.

pip install --no-cache-dir ffpyplayer

Se instalámos o ‘ffpyplayer’.

No início do nosso código precisamos criar uma variável de ambiente, indicando quem vai ser responsável pelo uso de média no nosso programa.

A foto abaixo mostra como inicio todos os meus códigos para aplicações com Kivy.

Kivy AN sistemas

Confirmação da instalação do Kivy no Linux

Já temos o Kivy instalado.

Agora vamos confirmar se está tudo bem. Para isso, com o ambiente virtual ativado, entramos no shell do Python e importamos o Kivy.

python

e depois.

import kivy

Terminámos

Instalamos o Kivy corretamente e estamos prontos para desenvolver muito software, vou deixar aqui dois exemplos de dois projetos que eu criei.

Arquivo Passivo Escolar.
Sistema de cadastro e arquivo.
Com Python, Kivy e SQLite

Biblioteca de CDs, DVDs e Livros.
Com  Python, Kivy e SQLite

AN Sistemas, sistemas Web e Desktop, Python e Kivy

Como instalar o Kivy no Linux (2020)

Para finalizar, agradeço por você ter chegado até aqui, e desejo que este artigo tenha sido útil.

This Post Has One Comment

Deixe uma resposta